Sobre nós

Uma placa de capacete do século VII, descoberta em Sutton Hoo, mostra um cavalo esmagando um inimigo. Museu Britânico, Londres


Fyrnsidu, em inglês antigo, língua dos povos anglo-saxões, pode ser traduzido para português moderno como Antigo Costume. É uma busca religiosa reconstruída e retro-direcionada ao passado anglo-saxão da Inglaterra, destinada a reviver a condição ontológica destes antigos povos.

Objetivando investigar antigos costumes e crenças religiosas, o fyrnsidu procura principalmente o registro que nos deixaram os grupos tribais que acabariam por formar uma condição ontológico-religiosa anglo-saxã mais ampla. Os recortes históricos com os quais a religião principalmente se preocupa são o período heathen anglo-saxão, que durou entre o século V até os séculos VII/VIII; os saxões continentais do período carolíngio pré-conversão; além de jutos, anglos e frísios que compuseram os reinos germânicos ingleses. Traços remanescentes do paganismo dos britônicos entre os anglo-saxões também são de extrema valia.

Buscamos entender a forma como a sociedade anglo-saxã funcionou, quem eram os vários elementos sociais, etc, percebendo a profundidade do sistema religioso dos povos insulares em suas vidas. Os registros escritos iniciais do período cristão dos anglo-saxões, bem como achados arqueológicos, ou a comparação com outros povos germânicos como os nórdicos, nos dão a imagem mais clara do que podemos esperar restabelecer dos antigos costumes em nossa era moderna. As fontes que utilizamos em nossa pesquisa são as histórias, hagiografias, formulários, prescrições legais, bem como o registro arqueológico.

Se você fosse destilar os pontos mais básicos do fyrnsidu em uma única frase, você chegaria a:

"Uma tradição tribal, voltada ao culto de ancestrais, ēse e wihta da paisagem local, com forte ênfase na Wyrd, ortopraxia, bruxaria e adivinhação, e que emana do culto do fogo doméstico, a qual visa a observação de ciclos naturais e o estabelecimento da friþ da comunidade de praticantes"

Ao entender como nossos ancestrais culturais anglo-saxões pensavam, agiam, acreditavam, cultuavam, interagiam entre si, etc. em um ambiente celto-romano-germânico, podemos continuar seus caminhos e avançar através de sua visão de mundo. Não é objetivo do fyrnsidu retornar a um passado glorioso, em vez disso, a intenção é estabelecer e prosperar em direção a um glorioso futuro.

Objetivos do Niġon Wyrta Fyrnsidu


1) A fundação e desenvolvimento de tradições do Heathenry Anglo-Saxão — a religião politeísta dos povos germânicos que estabeleceram a Inglaterra no início do século V — entre falantes de língua portuguesa.

2) Expandir o conhecimento disponível em nosso idioma aos interessados na religião pré-cristã dos anglo-saxões.

3) Reconstruir a visão de mundo e a cultura dos heathens anglo-saxões (século V - século VII) e criar uma religião viável e viva para o século XXI.

4) Reunir indivíduos semelhantes, na esperança de que novas famílias/lares/tribos etc. sejam formados e que possa haver friþ entre eles.


Monte tumular dois em Sutton Hoo